História Pastorais Movimentos Comunidades Padres Dom Orione Notícias Seminário


Se Deus é comunidade de amor, também nós devemos sê-lo

A Trindade serve de modelo para nós, à trindade é comunhão. Devemos cultivar os traços pelos quais o povo se assemelha ao Deus-Trindade: bondade, fidelidade, comunicação, espírito comunitário etc.

Se Deus é comunidade nós também devemos sê-lo, não realizaremos nossa vocação vivendo só para nosso sucesso individual, propriedade privada e liberdade particular.

“O Espírito Santo não falará por si mesmo, mas dirá tudo que tiver ouvido…” Essas palavras de Jesus, vem confirmar, que mesmo sendo distintas, nenhuma pessoa da Santíssima Trindade age individualmente. Este exemplo deve ser seguido por cada um de nós!

Uma comunidade que não seja unida e não respeite as diferenças de dons, carismas, ministérios e sensibilidades, não é uma comunidade realmente nascida da Trindade.

Na nossa vida comunitária a nossa relação com os irmãos deve refletir o amor, a ternura, a misericórdia, a bondade, o perdão, o serviço, que são as consequências práticas do nosso compromisso com a comunidade trinitária.

Quem ama de verdade, pratica um amor parecido com o amor de Deus. E esse amor-doação voltado para o irmão e não para si mesmo, esvazia-nos de nós mesmo e Deus que vê tudo, nos recompensará.